Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Mitsubishi Eclipse GS DOHC 1991

Esse foi um dos primeiros carros que fui louco prá ter, quando era bem criança ainda e não entendia nada ainda. A pena é ele estar nesse estado:









É um dos primeiros modelos da primeira geração. A cor da carroceria é muito bonita, as rodas são muito características, parecem ventuinhas, e na frente tem faróis escamoteáveis e a "bolha" no capô, no mesmo estilo daquela dos Gol bolinha GTI 16v. Sob a tampa, um motor 2.0 L 16v que entrega 135 cv. Mas o que, na minha opinião, mais caracteriza esse japonês é a sua traseira, com essa peça plástica vermelha no estilo Opala, como se fosse uma lanterna contínua! No interior, o cinto de segurança automático, raro no Brasil.


detalhe da roda "ventuinha"


farol escamoteável e a "bolha" do capô


detalhe da traseira, o mais característico

No interior dá prá ver o câmbio automático, de quatro velocidades, e seu painel de desenho único:

detalhe do cinto de segurança automático

Triste ver um carro desse porte nesse estado... Como sempre, espero que seja recuperado enquanto é tempo.

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.


Só prá não perder o costume, aí vai um catálogo de 1990 do Eclipse:



E aqui, um comercial veiculado no Japão (assim com o do Isuzu!) também em 1990:

Garelli Katia 1973

Já tá na hora de postar fotos de moto prá dar uma equilibrada!

Essa não tem nada de Harley-Davidson nem de Kawasaki nem é tão badalada quanto elas, anda no sapatinho e discretamente! Com estonteantes 100cc, lhes apresento essa modesta Garelli Katia!

Até seu nome é simpático! É aquele tipo de moto que abre um sorriso de quase todo mundo que olha prá ela. Dá vontade de montar e sair andando.

A motoneta é do pai de um amigo meu e, acreditem, apesar de nos conhecermos há quase 20 anos, fiquei sabendo outro dia da existência dela. E é claro que corremos prá registrar essas imagens:






detalhe do selo no quadro


detalhe do botão de acionamento da buzina


detalhe da caixa de ferramentas

Dei uma olhada geral, vi aqui, ali... Daí, comecei a observar mais os detalhes. Qual não foi a minha reação quando olhei o odômetro da máquina? Provavelmente a mesma reação de vocês:


Isso mesmo. Com quase 40 anos de vida... 551 Km originais!!! A moto praticamente foi usada prá dar uma volta, e tal, e depois foi prá garagem hibernar. Foi só tirar a camada de poeira de cima do painel que ele já brilhou. E, realmente, fora a poeira acumulada, tá tudo perfeito.

Pelo que eu imagino, creio que seja complicado convencer o proprietário a vender. Mas nunca se sabe. Não tenho certeza de nada.

Agradecimentos ao meu amigo e leitor do blog Daniel Alves, que também dedicou sua tarde a essa aventura!

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Isuzu Impulse 1990/91

Com a passagem discreta dessa divisão da GM pelo Brasil, raros são os Isuzu que ainda circulam em terras tupiniquins. E poucos são os que reconhecem e identificam esses carros na rua.
Além disso, é mais comum de se ver picapes e utilitários do que carros de passeio.
Um modelo muito pouco conhecido por aqui é o Isuzu Impulse (que também atende por Isuzu Piazza em outros países e Asüna Sunfire no Canadá), que foi fabricado entre 1980 e 1993. Aí vai um flagra de um desses remanescentes:


Trata-se de um exemplar da segunda geração (1990-1993), top de linha, com um motor 1.6 L turbo de 160 cavalos, além de tração nas quatro rodas. Seu design ímpar é obra de Giorgetto Giugiaro, aquele camarada que desenhou o DeLorean DMC-12, o Fiat Uno, o nosso Punto, entre tantos outros. Eu só acho estranha essa mania dele de fazer essa maçaneta horrorosa e nem um pouco prática!
É legal quando se vê um modelo raro como esse aparentemente bem inteiro, alinhado e com todos os detalhes de acabamento, adesivos, rodas, tudo original.

E, prá dar aquela ilustrada, um comercial de 1990 do Isuzu Impulse (Piazza, como é conhecido por lá) veiculado no Japão. Não é nada de mais, mas não consegui encontrar nada melhor!


Primeiro flagra registrado pelo meu camarada Gustavo Machado, do "DeLorean Blog"!


Icaraí, Niterói - RJ.

domingo, 30 de janeiro de 2011

VW Fusca rosa - muita coincidência!

Mais um rosa, dessa vez mais discreto! E mais um Fusca representando!


O sujeito pintado no muro parece olhar com reprovação para o pobre Fusca...

Depois de ter sido pintado numa cor exclusiva, equipado com rodas esportivas da época e ter o teto rebaixado, parece que a customização parou no meio do caminho e o besouro foi deixado de lado na rua junto à linha do trem... Com o paralama danificado, vidros quebrados e tudo mais.
A impressão que dá é que ele simplesmente foi largado ao relento. Melancólico.


A artística cena foi capturada pela Bárbara do Sul!


Santa Teresa, Rio de Janeiro - RJ.

__________________________________________________________________________

Mas aí, passado algum tempo, andando pela Ilha do Governador (longe de onde foi tirada a outra foto), me deparei com um carro que é impossível que não seja o mesmo:


(Quem reparou no Passat, é um raríssimo Dacon 180 S e tá nesse post aqui!)

Acompanhem comigo as evidências:

1: A cor, pouquíssimo comum, é a mesma.
2: O teto está rebaixado.
3: Está com as mesmíssimas rodas.
4: Falta o paralama esquerdo, justamente o que estava danificado na outra foto.
5: Há um amassado idêntico na porta esquerda.

Não há dúvidas! Certamente, é o mesmo carro!
E isso aparenta ser um bom sinal... Saiu do meio da rua, em um lugar, e estava parado perto de uma oficina mecânica, no outro. Tomara que esteja sendo restaurado, ou que o seja em breve!

Farus TS 1981/82

Dentre os esportivos nacionais feitos de fibra de vidro, uns ficaram conhecidos por todos no mundo automobilístico. Mas outros, nem tanto. E uma dessas marcas mais obscuras é a Farus, que produzia o TS:



Tem as maçanetas e várias partes do interior herdadas do Fiat 147, além das lanternas do Voyage e motor do Passat TS 1.6 refrigerado a água.
Essa unidade e um carro da mesma família desde 0Km, e hoje em dia, apesar de não andar com frequência, continua funcionando muito bem. Algumas áreas da fibra estão castigadas, mas isso não é nada de mais. Preserva as rodas originais, embora esteja usando um estepe na foto. Assim como no caso dos Adamo, é comumente alvo de modificações de seus donos como tentativa de transformar em Ferrari...

A propósito, em uma conversa com o herdeiro do carro, ele disse que não tem nenhuma intenção de vender. Só que se alguém um dia vier com uma proposta irrecusável, ele muda de ideia. Resta saber de quanto tem de ser e se há alguém disposto a isso, né?

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

sábado, 29 de janeiro de 2011

Jeep Willys 1948

Mais um Willys marcando presença no blog! E que presença! O carro da foto completa esse ano nada mais que 63 anos de vida. Dá só uma olhada:

Apesar de estar faltando um limpador de parabrisa, a impressão que dá é que o carro está sendo restaurado e muito bem cuidado. Já não é muito fácil encontrar um Jeep dessa idade em encontros e festivais específicos, o que dirá no dia-a-dia. É muito gratificante poder ver um!

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Os apaixonados pelo filme "Carros" da Disney Pixar certamente se identificaram muito com esse simpático jipe militar. E só prá compor o post, vou colocar a foto do "Sargento", personagem do filme:


Como "Sargento" é um jipe militar da Segunda Guerra, ele é só um pouquinho mais velho que o protagonista do post, mas não deixa de ser bem parecido!

Porsche Net Cayenne 2005

Há algum tempo, navegando por um blog, li sobre as 10 piores customizações de Porsche Cayenne pelo mundo. No meio delas, tinha uma russa amarela simplesmente horrível, de péssimo gosto! Cliquei no link que direcionava prá uma matéria dela no Jalopnik "Utilitário Esportivo Selvagem Russo tem Crise de Identidade", vi mais fotos mas continuei sem entender o que era aquilo.

Acontece que eu fiquei com a sensação de já tê-la visto antes em algum lugar. Mas não conseguia saber onde. Ainda dei uma procurada no Google, mas acabei não achando nada relevante. Esses dias, enquanto folheava umas revistas velhas em casa, dei de cara com uma matéria numa revista russa de 2005. Essa é a matéria:


Uma parte pequena dos leitores sabe que eu sou estudante da língua russa, e quem não sabe e estiver lendo ao menos esse trecho, vai passar a saber! A matéria "Salão dos Supercarros" fala, naturalmente, sobre o salão de carros e motos que ocorreria em breve, na cidade de Moscou: "Super Car and Bike". Em comparação com um outro festival anterior, o "Motor Park", conta que alguns carros surpreenderam os espectadores, como o sueco Koenigsegg CCR e o holandês Spyker C8. Tá, até aí nada de espetacular.

O que realmente importa prá esse post é a última frase, a qual vou-lhes traduzir em um discurso direto:

"Um carro merece destaque: o crossover Porsche amarelo-vibrante, conhecido pelo nome de Net Cayenne, que teve apenas um exemplar produzido."

Nunca tinha sequer ouvido falar em "Net Cayenne". Ainda assim, ao buscar no Google, não encontro praticamente nada, ou nada. É até justificável, por ser um único exemplar em todo o mundo. Matada a charada, eu digo a minha sincera opinião. Ainda bem que só fizeram um desse, né? Já pensou se resolvessem fazer mais?

(Imagem retirada da revista russa "Акватория Красивой Жизни" #3 / 16 / 2005.)

Mercedes-Benz MP-Lafer 309 4x4 Militar

Depois de tanto tempo, o segundo post de um caminhão... Peço desculpas à comunidade amante dos caminhões, mas é que realmente não é o meu forte! Preciso da ajuda de especialistas no assunto prá esse post! Essas fotos deram um nó na minha cabeça:



À primeira vista, achei simplesmente que era um Mercedes muito underground que eu nunca tinha visto. Mas deixei de lado e não me importei muito. Resolvi tentar descobrir o que era, então. E lá fui eu pro Google. Procurei em tudo que é página um caminhão Mercedes que se assemelhasse com esse... e nada! Nadinha, nem parecido! Comecei a achar estranho... Voltei nas fotos, olhei com calma os detalhes e me parecia realmente um Mercedes-Benz! Aí eu suspeitei que pudesse ter sido um dia um carro militar, por conta da cor da carroceria. Busquei, busquei, busquei... Nada de novo!

Foi aí que eu comecei a desconfiar que pudesse ser um caminhão Mercedes com uma cabine de um outro caminhão desconhecido por mim. E desde então essa é a explicação mais plausível que consegui. Pedi ajuda de amigos, mas ninguém resolveu!

Será que tem algum leitor perito em caminhões que saiba solucionar essa charada?

Mais um flagra do Osvaldo Augusto.

Buenos Aires, Argentina.

Muito obrigado a todos os que ajudaram, e a todos os que tentaram e ao menos olharam a foto!

O mistério foi finalmente solucionado! Realmente o caminhão fotografado é um raríssimo Mercedes-Benz MP-Lafer 309 4x4 Militar! Valeu e até o próximo mistério, caso haja! Um abraço a todos os leitores e admiradores do blog!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Opel Kadett 1968

De longe, eu juro que pensei que fosse um Chevette tubarão. Já ia passar direto e nem dar bola, quando me dei conta de que era muito estranho prá ser um. Mudei de ideia, resolvi tirar as fotos. Ainda sem saber que carro era aquele, esperei chegar em casa e consultar na internet. Era um Opel Kadett, bem raro por aqui. A pena é o estado em que ele se encontrava:




Ainda com placas amarelas, servindo de apoio prá sacolas de cimento, esquecido ao relento. Tá certo que eu não sou dessa época, mas ainda assim acho significativo dizer que esse foi o único exemplar que eu vi ao vivo. É uma pena. O pior é que praticamente todos os Opel Kadett que eu encontrei no Brasil pela internet estavam em igual ou pior estado.

Mais uma vez, esperamos todos que ele não tenha chegado ao fim da linha e receba uma restauração digna!

Bonsucesso, Rio de Janeiro - RJ.

E, pra fechar, uma propaganda da Alemanha de 1967 desse modelo:

Mercedes-Benz 190E 2.6 1989

Mais um flagra feito numa ida ao supermercado. É sempre legal quando você encontra algo que espera encontrar, mas num lugar onde você nunca imaginaria que fosse estar.

Taí a Mercedinha que foi estacionada para que seu dono pudesse ir às compras:








Lindíssima, em perfeito estado. Aparenta muito ser de algum colecionador ou pelo menos alguém que zela muito pelo "bem-estar" do carro. Até as calotas, difíceis de se ver, estão intactas. Coisa boa de se ver! O carro não é exatamente antigo, mas já tá começando a se tornar... Consequentemente, se torna mais raro um exemplar em perfeitas condições como esse.

Só como observação, esse é mais um emplacado no interior de Minas Gerais! Quanto carro bacana eu vejo por aí que é emplacado lá! Como se vê no detalhe das placas, esse daí é da cidade de Santa Bárbara do Monte Verde.

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Carros "da Galera" na Copa do Mundo - Chevrolet Chevette 1978

Mais um episódio da série!




Dessa vez, até o muro em segundo plano entrou no clima!

Como de costume, foi pintado de verde e amarelo (sua cor original era o vermelho) e teve o teto cortado na marra. Só que esse foi mais a fundo e ganhou uma espécie de santantônio, haste, ou seja lá o que for, no meio do carro! No lugar dos faróis, tem espelhinhos super eficazes! O mesmo equipamento foi adaptado na traseira, embaixo da placa! Tem três tipos de roda diferentes, nada de parabrisa, quanto menos de limpador! Ah, e tampa do porta-malas? Prá quê?

O interior tá assim:


Todo pintado, cheio de peças jogadas, sem painel, câmbio e freio-de-mão no caco da rabiola, no fim da carreira total! O que eu ainda não entendi foi essa cor meio marrom, meio dourada, que foi usada prá pintar o painel. O contorno da grade frontal e a traseira também receberam a mesma cor. Vai ver sobrou um resto da tinta e mandaram prá dentro!

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Mercedes-Benz 208D cabeluda!

Fiquei sem entender nada quando eu vi isso, vocês hão de concordar:


É a primeira van que eu vejo na minha vida que tenha barba e cabelo!
Qual será a função desses, ãh... pelos? Já pensei muito a respeito disso e não consegui encontrar nenhuma utilidade real ainda. Parece ser um carro usado em serviço. Será que é um adereço meramente estético? Tem gosto prá tudo, eu sei. Mas enquanto alguém não me der um motivo razoável, vou continuar sem entender o que dá na cabeça de alguém prá enfeitar o carro assim!

Em mais uma edição da saga de Leandro Guimarães pelo norte europeu!


Helsinki, Finlândia.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Ford Galaxie 500 tem pneu furado e para o trânsito no Rio; flagrado por David Brazil!

Esse post dá início a mais uma modalidade do blog, que mostrará fotos de carros tiradas no dia-a-dia por usuários do microblog!

"Nem esse carro que é lançamento, agüentou o calor carioca, pifou e atrapalho o Transito"

E a foto que dará o pontapé inicial é um Galaxie que lamentavelmente teve um de seus pneus furados no meio da estrada na Zona Oeste carioca e causou uma pequena retenção. Não dá prá ver tudo, como as rodas, por exemplo. Essa cor é rara e cai muito bem no modelo!

Pelo fato de a cor da carroceria não ser muito comum em um Galaxie e ambos estarem na cidade do Rio de Janeiro, acredito na possibilidade de esse aqui ser o mesmo carro.

Primeiro flagra do David Brazil!

Rio de Janeiro - RJ.

Maserati GranTurismo Coupé 2010

(Clique aqui para ver sua maior concorrente)

Não é todo dia que se vê um Maserati na rua, né não? Esse tipo de carro a galera tá mais acostumada a encontrar na tela da tevê quando joga videogame em casa!

O modelo da foto a seguir, um GT Coupé, veio pro Brasil em 2007 e é praticamente um míssil! Debaixo desse capô tem nada menos que um V8 de 4.2 L, que entrega 400 cv de pura diversão ao seu condutor! Fiquem com as imagens:



Com design desenvolvido pelo estúdio Pininfarina, só podia ter um desenho harmonioso e com cara de esportividade, mesmo. Detalhes como a roda grafite e o interior vermelho saltam aos olhos de quem vê.

Primeiro flagra enviado por Marcelo Webber, que não é nenhum Mark Webber, mas agregou conteúdo com a primeira Maserati do blog! Brincadeiras à parte, valeu, Marcelo!

Araras - SP.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...