Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


domingo, 31 de julho de 2011

Chevrolet Opala 1974

Prá quem gosta de Opala e ficou chateado ao ver o último post, aí vai um da primeira geração, um ano mais antigo que o outro:





Agora deu até prá se redimir! Esse tá caprichado... Mais ou menos mesmo esquema do Landau: somente as rodas não são originais, mas nos dois casos são de muito bom gosto. Combinou, ficou muito bem! Se eu que curto tudo original gostei, aqueles que gostam de rodas esportivas devem ter se amarado! Mas o bacana mesmo é a pintura saia-e-blusa, acertou a mão na combinação de cores. Não digo por ser flamenguista, mas por ter admirado mesmo o contraste!

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

sábado, 30 de julho de 2011

Chevrolet Opala 1975, parado há 20 anos

Há algum tempo, postei a foto de uma Harley-Davidson Fat Boy em uma garagem. Lembraram? Só que ninguém comentou sobre o que estava atrás dela! Alguém reparou? Ninguém estranhou? Mostro-lhes então, com detalhes, o que estava lá atrás, acompanhado de sua breve história:




Repare que o trinco do porta-malas quebrou, deixando a tampa aberta "ad aeternum"





Segundo relatos de vizinhos, o carro - que ainda ostenta placas amarelas - está parado ali há cerca de 20 anos, quando um outro veículo ocasionou essa batida na sua traseira, a poucos metros de casa. Dali, foi levado à garagem e lá está até hoje. Pelo jeito, virou depósito das mais variadas tralhas. Até um barco permaneceu preso ao hack no teto. Imagina o estado da suspensão do pobre Opala. Apesar do estado, evidentemente não está abandonado, uma vez que se encontra estacionado em uma vaga de garagem de um prédio.

Ainda de acordo com o que disseram, ele era pouco usado e tratado como um xodó. Foi o primeiro carro de seu proprietário. Confesso que nunca tinha visto essas rodas nesse modelo. Parecem mais voltadas prá jipes e carros grandes. No mínimo, curioso. Assim como toda a história, né.

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Ford Galaxie Landau 1979

Ontem à noite fotografei pro blog, e hoje à noite não foi diferente! Passei em frente a uma casa de festas e olhem o que me chamou a atenção:



Mais um Landau prá esse blog! Sou apaixonado por esse carro, especialmente. Achei um absurdo cada detalhe desse carro. Parece que acabou de sair da fábrica! A pintura tá um brinco, o interior, tudo! Sinceramente, acharia ainda mais lindo se estivesse com as rodas originais! Mas há muitos que gostam desse estilo. Não achou que estragou o visual, as rodas são bonitas até.

Como o cenário todo já entrega, esse lindíssimo Landau pode ser alugado prá casamentos e festas em geral. Conversei com o responsável pela condução da noiva até o local, que prá minha surpresa é o proprietário do impecável veículo! Não hesitei em dar os parabéns pelo cuidado com seu possante. Recebi dele seu cartão prá contato e já lhes ofereço:

Quem for casar ou souber de alguém que vai e tenha se interessado, é só deixar um comentário ou me mandar um e-mail, que aí eu envio os contatos!

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Puma GTS 1980

Ontem estive em uma cerimônia de uma universidade e, claro, prestei atenção nos carros do estacionamento. Eis que no meio de vários carros modernosos e atuais, me deparei com esse simpático clássico nacional:


Nenhum dos outros carros que lá estavam estacionados tinha o charme que ele tem! Achei linda essa cor. É um cinza que, ao meu ver, puxa um pouco pro verde. Tá inteirinho e todo original! Não vi seu dono se aproximar. Portanto, não pude saber de detalhes mais particulares.

Gávea, Rio de Janeiro - RJ.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Ford Custom Fordor Sedan 1955

Seguindo a mesma linha, aqui vai outro carro da belíssima década de 50 bastante raro em uma oficina, provavelmente aguardando algum reparo:

À primeira vista, pensei ser um Fairlane. Os dois são realmente parecidíssimos. Mas o acabamento do friso na lateral me fez refletir e chegar à conclusão de que se trata, na verdade, de um Custom Fordor. Curti muito esse teto azul e, principalmente, o interior vermelho!

Baita flagra!

Mais um do Thiago Dias, que "assinou" seu flagra no canto esquerdo inferior!

Taubaté - SP.

Chevrolet Impala Coupé 1959

Um dos desenhos mais lindos já feitos para uma traseira de um veículo, na minha opinião. Não podia ser de outra década. Finalzinho, último ano dos anos 50:












Representa a segunda geração do famoso Impala, que vigorou em 1959 e 1960, sendo que no segundo ano, logo a traseira foi modificada. Esse daí, especificamente, é um "Hardtop Coupé", duas portas e capota rígida. Raro até de ser visto fora do país, aqui no Brasil tem poucas unidades rodando bem. Essa daí talvez seja uma delas, quem sabe em estado de restauração ou aguardando sua vez no galpão. Tá todo original e todo inteiro. Pela frente estar suspensa mais que o normal, é bem provável que esteja sem o motor no cofre.

Lindo demais!

Primeira contribuição do Thiago Dias!

Francisco Beltrão - PR.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Carro do Leitor - Corcel II 1981 conversível e automático!

Depois de um tempo sem postar nada nessa seção, divido com vocês leitores esse interessante Corcel:





detalhe do câmbio, automático


foto mais recente, com as rodas de 17 polegadas

O satisfeito proprietário se refere a ele como "brinquedo"! Com uma tonalidade bacana de azul, interior mesclado de cores claras e escuras e rodas de liga leve muito convenientes, é certo que ele chama a atenção por onde passa! O serviço de conversão prá versão conversível foi aparentemente bem feito. E a customização não parou por aí. Reparem que o câmbio é automático, coisa que um Corcel recém-saído da fábrica nunca possuiu. O interior ainda preserva o volante e o painel de instrumentos originais.

Achei muito interessante, a modificação. E olha que eu não sou muito fã disso. Todos aqui já sabem que eu prefiro o carro o máximo original possível. Ponto pro proprietário desse Corcel, nosso leitor!

O dono do "Carro do Leitor" de hoje é o Ivan Britto, de Recife - PE.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Singer Vogue 4-Door Saloon (1964-1966)

Também fabricado sob o nome de Hillman Super Minx, uma outra marca britânica, o Singer Vogue foi vendido nos showrooms da década de 60:







Era também oferecido nas opções de duas portas e Estate. O que chama a atenção é o detalhe em madeira no interior, lindo, bem como o posicionamento da chave de ignição, no lado invertido, a exemplo dos Porsche! Esse carro não tá cem por cento, mas até que tá bem íntegro e original.

A história dele é que é interessante: O edifício onde ele fica hoje funcionava como um estacionamento. O carro ficava estacionado lá, pernoitava lá e já era conhecido do local. Um belo dia, o dono sumiu por anos e anos. Passado muito tempo, se deu conta de que não valeria mais a pena pagar o que devia prá resgatar o carro, e por ali deixou. O dono do estacionamento ficou com o carro prá ele e hoje expõe nesse local, onde ele compra e revende veículos.

Interessante, não?

Mais uma contribuição europeia do Osvaldo Augusto.

Milão, Itália.

Picapes improvisadas - VW Passat

O Passat do dia não é lá um orgulho para os passateiros. Na verdade, já nem é mais totalmente um Passat. Totalmente Frankenstein, se preparem:



Não contente em ter enfiado na marra os faróis de Gol, o camarada ainda transformou o Passat em uma picape, enxertou um pedaço de Pampa, viajou na maionese. Ficou horrível, claro. Mas, quem sabe não é de onde ele tira o pão de cada dia? Vai saber.

Fato é que não ficou nada harmonioso, nada bem-feito e esteticamente pavoroso.

E vocês, o que acharam?

Contribuição do camarada Victor Gomes.

Itaipu, Niterói - RJ.

Miura Spider

Algum tempo atrás, num "tour" pelo Google Street View, despretensiosamente encontrei uma baita raridade. Nunca fiz busca por carros através dessa ferramenta, prá falar a verdade. Mas vejam o que eu encontrei:


Nada mais, nada menos que um raro Miura Spider, e apesar da qualidade baixa da imagem, podemos ver duas raríssimas rodas originais e um estado aceitável da capota. Quem será que deixou o pobre esportivo largado ao relento? Andei tentando encontrá-lo novamente pelo Street View, mas não me lembro do ponto exato onde o achei. Talvez eu até fosse lá prá ver a situação e fazer fotos melhores e mais detalhadas dessa cena lamentável.

Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro - RJ.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Mercedes-Benz 250 C 1971

As Mercedes têm dado as caras com certa frequência por aqui ultimamente... A que eu vou mostrar agora é uma cupê, branca:



Tá com a aparência um pouco "cansada", porque fica no tempo, desprotegida de chuva e sol. Mas ainda tá toda original e com praticamente todos os detalhes de acabamento no lugar. A Mercedinha tá à venda. Caso alguém tenha se interessado, me envia um e-mail que eu mando o contato do proprietário. 

Glória, Rio de Janeiro - RJ.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...