Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


terça-feira, 23 de maio de 2017

Picapes Improvisadas - Chevrolet Caravan 1984

Fechando o dia de coincidências e carros de trabalho, outra Caravan que já teve dias melhores...



O que devia ser de bonito esse carro zero, Comodoro nessa cor marrom... Bom, pelo menos ainda tá rodando... As placas são de Ubá - MG!

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Chevrolet Caravan 1983

Mais carro de trabalho pesado...



Já pensou se essa Caravan...


... encontra com essa aí de cima? Pra quem for louco o suficiente e quiser salvar, ou até continuar com ela no uso diário:


E esse preço, gente?

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Hatches também fazem frete - Fiat Palio e Ford Ka

Outro dia saí na rua e vi esses dois hatches de meia idade, flagrados no serviço pesado...



Longe de estarem exercendo sua principal função, estes dois foram as opções mais em conta para o transporte de móveis. "Tá tudo certo, até dar algo errado"...

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Izhevsk Moskvich 412 (Ижевский Москвич 412)

Olhem que flagrante mais interessante a minha tia fez!





Esse simpaticíssimo soviético foi visto a mais de 2.000 km do país em que é registrado! Ou seja, tudo leva a crer que o velhinho foi rodando da Ucrânia até a Itália... Que baita viagem!

Como se não fosse suficientemente pitoresco um soviético Moskvich, o detalhe muito interessante é que ele é fabricado pela Izhevsk, e não pela AZLK, que compartilhava a produção do modelo, mas que produziu uma quantidade bem mais significativa de unidades. As diferenças são poucas entre eles: além do detalhe óbvio dos emblemas, a distinção mais marcante é a grade dianteira, com menor número de barras horizontais. 

Esse exemplar preserva bem sua configuração original, acredito que faltem os frisos nas borrachas em volta dos vidros. Outro detalhe curioso é o espelho do lado direito, que não era comum na época, mas que tem toda pinta de ser o correto pra esse carro. Mais um ponto que eu acredito que seja original é a cor, já que encontrei essa foto de um virtualmente idêntico em um museu, que ostenta pouco mais de 1.000 km rodados e tem a cor muito próxima dele (aliás, recomendo que vejam as fotos desse fantástico museu!):


Nesse link tem também uma história interessantíssima de um ucraniano e seu Moskvich, também Izhevsk, e que tem a mesma cor desse! Pelo espírito aventureiro, cheguei até a achar que era o mesmo carro. Mas as placas são diferentes... Vale conferir! Pra quem não entende russo, copia e cola o texto no Google Tradutor, que dá pra ter uma ideia boa. Eu consegui entender praticamente todo o texto com meu russo enferrujado! Fiquei até feliz... 

Quem viu foi a minha tia Regina Marques!

Milão, Itália.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Ford Corcel II Van 1982

Essa é uma versão raríssima que eu confesso que nunca tinha visto uma, até que o amigo enviou essas fotos...





Início dos anos 80, a Fiat dominava o mercado de utilitários com a Fiorino - picape e furgão -, e a Ford se viu num momento de entrar pra briga. Antes mesmo de desenvolver a Pampa, sua versão picape, pegou "o que já tinha disponível" e tratou de fazer uma "Belina versão furgão". Com acabamento mais espartano e chapas no lugar das janelas laterais e vigia traseiro, essas eram as diferenças externas. No interior, uma grade separava o habitáculo da área destinada a carga, esta contendo forração simples e ripas de madeira no assoalho. Já o habitáculo era o mesmo da versão Standard da Belina, sem os luxos característicos da versão L. 

Considerada um paliativo, ou "tapa-buraco", a versão foi logo descontinuada após a chegada da Pampa. Em 1984 seu fim chegou. Produzida só nesse pequeno intervalo, a "Belina Furgão" é sem dúvida uma versão raríssima da montadora. Somado a isso o fato de ser um tipo de carro usado para trabalho, e consequentemente abusado até o limite e muitas vezes descaracterizado, é praticamente impossível encontrar um exemplar razoavelmente inteiro e com a originalidade preservada. Essa unidade fotografada ainda exibe um excelente nível de originalidade, apesar de demandar bastante "obra" para que volte à forma merecida. 

Não há muita dificuldade aparente em restaurar esse carro no padrão original, dado o acabamento simplificado. Os emblemas compartilhados com o Corcel também não. Esse emblema específico escrito "Van" talvez seja o maio dos problemas, caso não esteja guardado em algum lugar. O habitáculo parece bem preservado como saiu da fábrica, com volante original e os bancos e forração também parecendo ser originais! O salão infelizmente não dá pra ver, mas não acredito que esteja muito ruim, dado o estado geral. E um detalhe legal e importante: no documento consta "Ford / Corcel II Van"!

Não sei dizer se o proprietário vende, não o conheci e sequer vi o carro de perto. Mas eu gostaria demais de ver esse carro restaurado com suas devidas placas de coleção! Não tá difícil...

Quem viu foi o Rodrigo Oliveira!

Rio de Janeiro - RJ.

Segue publicidade de época:


quarta-feira, 19 de abril de 2017

VW Kombis "Motorhome" 1971 e 1998

Estive no Quebra Coco no sábado e encontrei duas Kombis tipo motorhome, que estavam lá ao mesmo tempo por acaso! Uma delas eu já conhecia por ter visto em alguns encontros, a mais antiga. A outra, mais nova, está praticamente pronta pra curtir as estradas! 













Conheci o proprietário dessa 98, que me disse fazer parte do grupo "Construindo MOTORHOME" no Facebook. Dei uma olhada e achei muito interessante, já faço parte! Deem uma conferida lá também... 

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

quarta-feira, 15 de março de 2017

Encontro de Carros e Motos Antigos - Rota RJ 65 (12/03/17)

De volta com mais uma cobertura, a primeira do ano! E com estreia de evento de carro antigo nesse lugar, que eu não conhecia e gostei demais...














































































Foi bem interessante, teria sido ainda melhor se não tivesse feito o calor que fez. Mas ainda deu pra ficar um tempinho lá, encontrar alguns amigos e tirar algumas fotos... Gostei mesmo do lugar e espero os próximos já!

Na ida, "esbarramos" com o amigo e sua esplendorosa Cadillac 54 no posto...









Olaria, Rio de Janeiro - RJ
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...