Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


quarta-feira, 31 de julho de 2013

Rover 100 1960

Eis o outro carro que foi capturado pela câmera do meu pai próximo àquele perfeito Puma GTS:







Logo que bati o olho no carro, tive certeza que já tinha o visto antes, também por foto! Foi o amigo Henry Chinaglia Filho que postou em seu blog há algum tempo! Carrinho perfeito também, no Brasil exclusividade de colecionadores, de certo não há nenhum rodando por aí no dia-a-dia nem nada do gênero... Original de tudo, portador de placas pretas, com direção inglesa e a placa traseira original, provavelmente britânica! As nacionais são de Curitiba!

Mais uma do Osvaldo Marques!

São Paulo - SP.

Puma GTS

Lindinho, esse Puma que meu pai viu em sua passagem por São Paulo, nesse fim de semana...




Impecável de tudo e original, do jeito que todo Puma deveria ser, ou no mínimo a maioria deles! Para-choques cromados no lugar, capota nova, rodas perfeitas e interior aparentemente muito bonito também... E ainda tem uma BMW conversível à sua frente... Mas não é esse carro o protagonista do próximo post, mas outro que também estava por perto!

Flagra do Osvaldo Marques!

São Paulo - SP.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Mercury Monterey 1960

Mais uma máquina americana que não escapou das lentes sempre atentas de mais um dos nossos leitores! 


Verdadeira raridade em terras tupiniquins... Configuração impossível de dar errado: carroceria cupê, sem coluna, vermelha com teto branco, interior vermelho com bancos de couro capitonet também vermelhos... Impossível um carro ser feio com esses atributos! Espetáculo! E olha que o Monterey era a versão "de entrada", com um V8 "mais econômico" de 205 hp...

Flagrante do Denis Rojas Leonardo!

São Paulo - SP.

Chevrolet Impala Coupé 1968

Magnífico achado, essa Impala cupê! 


É uma pena não ter fotos da frente, extremamente linda. Mas, ainda assim, acho a traseira ainda mais bonita. A carroceria, como já disse aqui, é de um dos anos mais belos do modelo (58, 59, 65 e 68, na minha opinião)! A julgar pelos escapamentos, um de cada lado, ele ostenta um V8 sob o capô! A informação foi confirmada pelo nosso leitor que enviou a foto! Ele disse também que o interior não está completamente original... Se meu fosse, talvez substituísse as rodas e tiraria as películas escuras dos vidros! Mas se ficasse desse jeito, continuaria maravilhoso!!! 

Flagrante do Mario Bucci!

Cambé - PR.

Ford Galaxie 500 1979

Seguindo com mais um registro feito por um leitor:








Desde sempre, gostei muito dos Galaxie/LTD/Landau! É perfeito, em sua configuração original. Mas dificilmente se torna feio ou apagado por uma customização. Geralmente, são de bom gosto e valorizam seu porte. Mas a verdade é que, seja como for, sempre chama a atenção onde quer que esteja... Bela barca!

Quem viu foi o Alex Pereira!

Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Chevrolet Camaro

Mais um clássico flagrado por um de nossos atentos leitores!





Essa configuração ficou matadora: carroceria preta, teto de vinil preto e rodas pretas! Particularmente, não poria as faixas, mas gostei com elas também! O mesmo pras rodas... Inegavelmente intimidador, o estilo "black"! Só não ficou com mais cara de mau do que um Camaro 76 que eu já postei antes!

Quem mandou esse foi o Victor Higor!

Belo Horizonte - MG.

domingo, 28 de julho de 2013

Revisitando: Nissan 300 ZX

Nosso leitor, correspondente oficial em Passo Fundo, conseguiu flagrar em mais detalhes essa fantástica máquina que ele tinha flagrado no trânsito e que foi publicada aqui!










E a raridade tem diferenças em relação ao outro registro, feito no fim do ano passado e publicado em março. Rodas originais agora estão na cor grafite, assim como toda a parte inferior dos para-choques e das laterais. Não sei dizer se é original, mas que deu um cara excelente, deu! Que carro magnífico...

Flagrante feito pelo Ígor Calza!

Passo Fundo - RS.

sábado, 27 de julho de 2013

Ford Corcel I 1976

Já vi e fotografei esse há um tempinho, mas agora que tive um pouco mais de folga, vim publicar! Não é o primeiro Corcel I 76 azul que foi flagrado lá...








Tá muito bonito! Nível de originalidade excelente! Chama a atenção em relação aos carros novos! Imagina ele limpinho e polido... Tá cada vez mais raro ver um Corcelzinho em sua configuração originária! Tanto por dentro quanto por fora... Espetáculo!

Ilha do Fundão, Rio de Janeiro - RJ.

Puma "Fiesta" Coupé

Também em Petrópolis, vi esse peculiar Puminha num estacionamento:





Uns vão dizer que o carro ficou modernizado, outros dirão que é uma heresia. Sempre digo que prefiro o totalmente original em 99% dos casos, mas cada um faz o que achar melhor em seu carro... A verdade é que os faróis e lanternas, ambos do Fiesta Sedan, o tornaram exclusivo! A mecânica é a original Volkswagen a ar. Curiosamente, quem está parado ao seu lado é justamente um Fiesta... Placas de Vitória - ES.

N. do E.: Bem observado pelo nosso amigo Alberto, caso parecido com o do "Puma Ka" que já apareceu aqui no RAC!

E aí? Quem aplaude e quem condena?

Petrópolis - RJ.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Carro do Leitor - VW Fusca Itamar 1996

Voltamos agora com mais um da seção que mostra as joias que nossos leitores possuem! Abaixo, as fotos, e em seguida, com a palavra o dono do carro!










"Matheus, aqui é o Roberto Ceconello. Comento de vez em quando no blog e fiquei de mandar umas fotos e a história do meu Fusca 96 pra você. 

Grande abraço e sucesso sempre!!!  

Quando fiz 18 anos, ganhei um 96, marrom metálico (se não me engano, o nome técnico é Bege Urano) do meu pai. 5.000 Km rodados, era de um senhorinha de São Pedro, cliente dele no banco onde ele trabalhava. 

- Esse é o primeiro carro de todo homem! – disse ele. 

Era moleque, queria um Palio, Corsa, Gol… aos 18 não tinha muito cérebro, assumo hoje em dia. Fiquei feliz, mas não tanto quanto teria ficado com qualquer um dos descartáveis citados acima. Apesar disso, primeiro carro, primeira experiências, primeiras viagens. Andávamos de skate. Punk Rock no toca-fitas (com hífen?) Pioneer. E ele sempre junto: firme, forte e barulhento… e uma história que jamais esqueci: me apaixonei por uma menina. Ela não por mim. E ter um Fusca não ajudou muito nisso. Fiquei sabendo. Quase 2 anos depois de ter ganho o Fusca, depois de rodar 17 mil Km, o vendi. Para um senhor de minha cidade, que o deu de presente a sua esposa. R$2.000,00 acima da tabela da época. 

- Negocião, hein? – pensei comigo. 

Comprei um Palio. 

A vida passava. Saía de casa para o trabalho e sempre o via paradinho em um parque da cidade, onde o senhor e sua esposa iam caminhar. E o Meteoro lá, lindo. Por anos o encontrei lá, cedinho. Sempre o acompanhava quando o via passar. 

Namorei outras garotas, comprei outros carros. Uma Corsa Picape. Um Ka. Passei num concurso público. Um Celta. Um 206 (Deus me proteja disso). Fali. Me recuperei. Um Corsa. Fui a Lindóia e tomei uma decisão. Viajei muito com o Corsa, 2009, Maxx. Fui pra 3 estados. Rock in Rio. Mais viagens. Conheci minha futura esposa. Roubaram o Corsa. Um Agile (desculpem, mas tenho amor por ele também). 

Ali acima disse que tomei uma decisão em Lindóia. 2008. Vi um Fusca 96 lá. Lindo. O dono pedindo o que vale pra ele. Assustei. Mas… 

- Vou comprar meu Fusca de volta! Fui para a Bahia e, conversando com um amigo que tem alguns clássicos, decidi que quando voltasse ia procurar o senhor que estava com o Meteoro. 

Novembro de 2012. Depois de caçar o telefone do atual proprietário por lista telefônicas, agendas antigas de casa, um amigo que namorou a filha dele na época me passou o número. 

- Sêo Avelino, aqui é o Roberto. Quero meu primeiro carro de volta. Quanto o senhor quer? 
- Não vendo! 
- Vende sim! Foi meu primeiro carro, tenho memórias imensas dele e com ele e fiz a maior besteira do mundo em vendê-lo. Não sei o estado atual e não interessa, mas quero comprá-lo mesmo assim! 

- Vou pensar no seu caso, ok? 
- Anota meu telefone. Me liga quando? 
- 3 semanas. 

Passaram-se as 3 semanas e ele me ligou. Gelei… 

- Roberto, quero R$10.000,00 no Fusca. 
- Passa sábado em casa, quero ver se ele tá bem. 

Acordei 7 da manhã no sábado. Quer dizer, 5:30h eu já estava acordado, mas fingi até as 7 para não acordar a namorada. 9 da manhã toca o interfone e lá está ele! Claro, com algumas marcas do tempo, são 16 anos de uso. 

- Sêo Avelino, tá legal o carro, mas vou gastar para deixá-lo 100%. Me dê algumas semanas que eu te ligo e falo quanto posso dar pro senhor, ok? 
- Quero R$10.000,00. Vou comprar um carro zero para minha esposa. 

Fiquei feliz quando ouvi isso. Por ela e por muito mais por mim… hehehehe. Demorei algumas semanas e ele me ligou: 

- Ô, Roberto, quer comprar o carro ou não? 
- Ô, Sêo Avelino… quero, mas não posso pagar o que o senhor pede… 
- Quanto você pode? 
- Olha, pelos custos que vou ter, R$6.000,00. 
- Ah, não dá… R$9.000,00 e pode vir buscá-lo. 
- Não tenho isso, infelizmente.
 - Então fica pra um próxima. Obrigado mesmo assim. 

Desliguei e fiquei triste. Pra falar a verdade, bem triste. 3 semanas… Achei que ele já tinha vendido, ia comprar um zerinho pra esposa dele, né… Resolvi que ia investir o dinheiro em um carro novo. Já tinha até escolhido e ia ver o “New alguma coisa” no fim de semana. Na sexta, jantando na casa de minha namorada, toca o celular: 

- Ô, Roberto, ainda quer comprar o Fusca? 
- Ô, Sêo Avelino! Claro que quero!! 
- Olha, vou fazer o seguinte para você que gosta dele: R$7.500,00 e pode vir pegar! 
- Sêo Avelino, seguinte: ele fez você e sua esposa felizes por 14 anos. Em 98 o senhor pagou R$7.000,00 nele. E estou devolvendo o mesmo dinheiro pro senhor. R$7.000,00. 
- Tá bom, vá… vem pegar. 

Hoje, ao lado do Agile em minha garagem, está o Meteoro! 

Quinta vai fazer uma revisão completa em motor e suspensão. Regulagens e algumas pecinhas. Só disso que ele precisa. O resto tá igual a 98. Com quase 100 mil km a mais, mas inteiro e firme. Barulhento. Com aquele cheiro de Fusca, delicioso! Meu de novo! E daqui NUNCA MAIS ele vai sair! 

Um dia, passeando com minha namorada no Meteoro, alguém vai me ver muito feliz. 

Certas coisas têm que acontecer.  

Ao seu tempo."

É ou não é emocionante, a história? Penso igual e costumo dizer o mesmo: o que tem de acontecer, acontecerá! É essa, a magia do universo do carro antigo! Parabéns, Beto! Um abraço!

Roberto Ceconello é o feliz proprietário!

Indaiatuba - SP.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...