Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


sexta-feira, 26 de julho de 2013

Carro do Leitor - VW Fusca Itamar 1996

Voltamos agora com mais um da seção que mostra as joias que nossos leitores possuem! Abaixo, as fotos, e em seguida, com a palavra o dono do carro!










"Matheus, aqui é o Roberto Ceconello. Comento de vez em quando no blog e fiquei de mandar umas fotos e a história do meu Fusca 96 pra você. 

Grande abraço e sucesso sempre!!!  

Quando fiz 18 anos, ganhei um 96, marrom metálico (se não me engano, o nome técnico é Bege Urano) do meu pai. 5.000 Km rodados, era de um senhorinha de São Pedro, cliente dele no banco onde ele trabalhava. 

- Esse é o primeiro carro de todo homem! – disse ele. 

Era moleque, queria um Palio, Corsa, Gol… aos 18 não tinha muito cérebro, assumo hoje em dia. Fiquei feliz, mas não tanto quanto teria ficado com qualquer um dos descartáveis citados acima. Apesar disso, primeiro carro, primeira experiências, primeiras viagens. Andávamos de skate. Punk Rock no toca-fitas (com hífen?) Pioneer. E ele sempre junto: firme, forte e barulhento… e uma história que jamais esqueci: me apaixonei por uma menina. Ela não por mim. E ter um Fusca não ajudou muito nisso. Fiquei sabendo. Quase 2 anos depois de ter ganho o Fusca, depois de rodar 17 mil Km, o vendi. Para um senhor de minha cidade, que o deu de presente a sua esposa. R$2.000,00 acima da tabela da época. 

- Negocião, hein? – pensei comigo. 

Comprei um Palio. 

A vida passava. Saía de casa para o trabalho e sempre o via paradinho em um parque da cidade, onde o senhor e sua esposa iam caminhar. E o Meteoro lá, lindo. Por anos o encontrei lá, cedinho. Sempre o acompanhava quando o via passar. 

Namorei outras garotas, comprei outros carros. Uma Corsa Picape. Um Ka. Passei num concurso público. Um Celta. Um 206 (Deus me proteja disso). Fali. Me recuperei. Um Corsa. Fui a Lindóia e tomei uma decisão. Viajei muito com o Corsa, 2009, Maxx. Fui pra 3 estados. Rock in Rio. Mais viagens. Conheci minha futura esposa. Roubaram o Corsa. Um Agile (desculpem, mas tenho amor por ele também). 

Ali acima disse que tomei uma decisão em Lindóia. 2008. Vi um Fusca 96 lá. Lindo. O dono pedindo o que vale pra ele. Assustei. Mas… 

- Vou comprar meu Fusca de volta! Fui para a Bahia e, conversando com um amigo que tem alguns clássicos, decidi que quando voltasse ia procurar o senhor que estava com o Meteoro. 

Novembro de 2012. Depois de caçar o telefone do atual proprietário por lista telefônicas, agendas antigas de casa, um amigo que namorou a filha dele na época me passou o número. 

- Sêo Avelino, aqui é o Roberto. Quero meu primeiro carro de volta. Quanto o senhor quer? 
- Não vendo! 
- Vende sim! Foi meu primeiro carro, tenho memórias imensas dele e com ele e fiz a maior besteira do mundo em vendê-lo. Não sei o estado atual e não interessa, mas quero comprá-lo mesmo assim! 

- Vou pensar no seu caso, ok? 
- Anota meu telefone. Me liga quando? 
- 3 semanas. 

Passaram-se as 3 semanas e ele me ligou. Gelei… 

- Roberto, quero R$10.000,00 no Fusca. 
- Passa sábado em casa, quero ver se ele tá bem. 

Acordei 7 da manhã no sábado. Quer dizer, 5:30h eu já estava acordado, mas fingi até as 7 para não acordar a namorada. 9 da manhã toca o interfone e lá está ele! Claro, com algumas marcas do tempo, são 16 anos de uso. 

- Sêo Avelino, tá legal o carro, mas vou gastar para deixá-lo 100%. Me dê algumas semanas que eu te ligo e falo quanto posso dar pro senhor, ok? 
- Quero R$10.000,00. Vou comprar um carro zero para minha esposa. 

Fiquei feliz quando ouvi isso. Por ela e por muito mais por mim… hehehehe. Demorei algumas semanas e ele me ligou: 

- Ô, Roberto, quer comprar o carro ou não? 
- Ô, Sêo Avelino… quero, mas não posso pagar o que o senhor pede… 
- Quanto você pode? 
- Olha, pelos custos que vou ter, R$6.000,00. 
- Ah, não dá… R$9.000,00 e pode vir buscá-lo. 
- Não tenho isso, infelizmente.
 - Então fica pra um próxima. Obrigado mesmo assim. 

Desliguei e fiquei triste. Pra falar a verdade, bem triste. 3 semanas… Achei que ele já tinha vendido, ia comprar um zerinho pra esposa dele, né… Resolvi que ia investir o dinheiro em um carro novo. Já tinha até escolhido e ia ver o “New alguma coisa” no fim de semana. Na sexta, jantando na casa de minha namorada, toca o celular: 

- Ô, Roberto, ainda quer comprar o Fusca? 
- Ô, Sêo Avelino! Claro que quero!! 
- Olha, vou fazer o seguinte para você que gosta dele: R$7.500,00 e pode vir pegar! 
- Sêo Avelino, seguinte: ele fez você e sua esposa felizes por 14 anos. Em 98 o senhor pagou R$7.000,00 nele. E estou devolvendo o mesmo dinheiro pro senhor. R$7.000,00. 
- Tá bom, vá… vem pegar. 

Hoje, ao lado do Agile em minha garagem, está o Meteoro! 

Quinta vai fazer uma revisão completa em motor e suspensão. Regulagens e algumas pecinhas. Só disso que ele precisa. O resto tá igual a 98. Com quase 100 mil km a mais, mas inteiro e firme. Barulhento. Com aquele cheiro de Fusca, delicioso! Meu de novo! E daqui NUNCA MAIS ele vai sair! 

Um dia, passeando com minha namorada no Meteoro, alguém vai me ver muito feliz. 

Certas coisas têm que acontecer.  

Ao seu tempo."

É ou não é emocionante, a história? Penso igual e costumo dizer o mesmo: o que tem de acontecer, acontecerá! É essa, a magia do universo do carro antigo! Parabéns, Beto! Um abraço!

Roberto Ceconello é o feliz proprietário!

Indaiatuba - SP.

22 comentários:

  1. Desculpe o termo, mas história do cacete! Comprar um carro antigo de volta não é fácil, e ainda por cima por um bom preço e em bom estado? Segura ele firme agora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, obrigado. Pode ficar tranquilo que esse só se separa de mim quando eu morrer! Hahahaha!

      Excluir
  2. Bela história. Eu tb tenho uma paixão pelo meu 147, mas infelizmente estou tendo que vendê-lo por conta de aperto. Família em primeio lugar. Vamos ver como tudo caminha, talvez não o venda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucão, imagino sua situação. Estou torcendo para tudo se arranjar de modo que você mantenha o 147!
      Abraço!

      Excluir
  3. Cristiano Som Rj (via facebook)27 de julho de 2013 01:59

    Ô LÁ EM CASA .................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro na minha, Cristiano!
      Hahahahahahaha!
      Abração!!!

      Excluir
  4. Felipe Monteiro (via facebook)27 de julho de 2013 01:59

    Muito legal!

    ResponderExcluir
  5. Cadu Moreira (via facebook)27 de julho de 2013 01:59

    Essa cor!!! Lindo Besouro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também é minha preferida!
      Tá lindão mesmo e vai ficar ainda mais.
      E sempre original.

      Excluir
  6. Tiago Pereira (via facebook)27 de julho de 2013 14:47

    Um clássico.

    ResponderExcluir
  7. Joao Victor Pinheiro27 de julho de 2013 16:23

    Dificil dizer do que gostei mais... da historia ou do Fusca.
    Muitas vezes os carros certos nos aparecem nas horas erradas...
    Por sorte o "destino" deu uma mão enh!
    Parabéns!
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, cê acredita que toda vez que leio minha história com o Meteoro, me desce uma lágrima?
      Obrigado por ambos os elogios!
      Abração!

      Excluir
  8. Alberto Barreto (via facebook)28 de julho de 2013 09:15

    Este deve andar sobre tapetes...impec[avel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Albertão, não chega a tanto. Pego um estradinha com ele de vez em quando, mas na volta, cuidados mil.
      E tem uns detalhezinhos ainda pra ficar 100%... com o tempo, vou ajeitando!
      Valeu!!!

      Excluir
  9. Matheus, obrigado por publicar minha história com o Meteoro.
    Fico feliz demais em ter feito parte de seu site e espero que ele continue nos mostrando carros e histórias sensacionais, por um longo tempo!
    Parabéns mais uma vez e um forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço, meu amigo, por abrilhantar esse espaço virtual com seu possante e sua linda história!

      Grande abraço!

      Excluir
  10. Hugo Bueno (via facebook)1 de agosto de 2013 22:42

    Bela história !

    ResponderExcluir
  11. Tenho 19 anos, desde 16 anos, colhendo informações, lendo sobre carros,curiosidades, história sobre carros, ganhando experiência de direção,me apaixonando por alguns, realizando montagens (gráficas) nas horas vagas em carros, se tornando autoentusiasta, tentando juntar dinheiro e ao mesmo tempo tentando convencer meu velho rsrs.
    Enfim, já havia lido a história de tantos outros carros (ainda leio) e já havia lido a do fusca há uns 2-3 anos, mas sinceramente nesse começo de ano (2014) lendo novamente a história do fusca, me convenci que o fusca é o CARRO, enquanto essa terra, que Deus criou, existir e haver necessidade de um carro, FUSCA é a pedida!
    Carro robusto, apaixonante, não pode ser o mais econômico mas com certeza vale cada centavo do cheiro da gasolina hehe Parabéns pelo seu Fusca 96'!

    ResponderExcluir
  12. Betão boa noite eu tambem sou apaixonado por fusca aprendi dirigir num fusca de meu Pai ja empurrei fusca ja bati de fusca, mas minha paixâo continua cada vez mais em especial o fusca itamar um dia vou comprar um de preferancia serie ouro esse carro è lindo demais da conta nunca vi um trem bunito assim amo demais msm vlw abraçao parabens pelo carrao .

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...