Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Ford F-350 1967

Foto que fiz na sexta-feira, perto de casa:


O caminhão estava parado, fazendo frete, algo do tipo. Daí aproveitei que estava passando com a câmera e registrei. Afinal, ele merece todo o respeito, com seu motor V8 e seus mais de 40 anos de vida. Prá um veículo de serviço e trabalho que funciona todos os dias, está muito bem. Conserva inclusive vários detalhes originais. Curto essa disposição dos limpadores de parabrisa, que não é a convencional.

Reparem que as placas são de Cabo Frio. Será que o guerreiro faz viagens intermunicipais assim com frequência ainda?

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

Hyundai Equus é visto em São Paulo!

Apesar de sua vinda ser dada como quase certa, a previsão de chegada desse carro pro Brasil é desconhecida. Só que esse daí foi flagrado por aqui, e com placa cinza comum, o que indica não se tratar de um carro de testes:


Também não é carro de consulado porque não tem placa azul. Do que será que se trata? O detalhe é que a foto foi tirada no dia 29 de junho desse ano... Não parece ter sido emplacado em São Paulo.

O Equus é um sedan de alto luxo da marca coreana. Estima-se que, se vendido por aqui, vá custar algo em torno de R$140.000. Mas, como dito, são somente especulações.

Repare nos curiosos surpresos com o super sedan!

Flagra interessante feito pelo Lucas Borba Cravo.

São Paulo - SP.

domingo, 30 de outubro de 2011

Mercedes-Benz 280 SE 1984

Esse flagra foi feito bem próximo ao lugar onde está, em estado de abandono, um raro NBM Jornada que já apareceu por aqui!

Com a quantidade de Mercedes bacana que eu tenho fotografado e recebido dos colaboradores, eu vou acabar criando um dia especial prá marca, assim como fiz com o Fusca! Aí vai mais uma:




Achei muito bonita a cor da carroceria e do interior, o carro tá muito inteiro e original. Gostei também da numeração da placa, claro. Mas o mais interessante prá mim foi notar a diferença de tamanho dela pro Renault Clio! Na foto de perfil isso fica muito evidente. Nessa mesma foto, reparem também na bagunça generalizada de carros estacionados e da quantidade de carros prateados, engolindo a foto! 

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

sábado, 29 de outubro de 2011

Picapes improvisadas - VW Passat

E essa sessão ultimamente tem bombado no blog! É sempre interessante quando se vê uma adaptação de picape feita em fundo de quintal, ou até de um conversível. Aliás, eu fiquei na dúvida nessa foto. Tudo leva a crer que a intenção é de transformar numa picape, prá utilização em obra. Dá até prá ver um carrinho de mão e alguns materiais na, digamos, caçamba:


Mas não acabou ficando com uma cara de conversível? O sujeito que produziu esse espetáculo aproveitou a modificação prá cortar logo o teto e as colunas e deixou o Passat com pinta de cabriolet. E, por falar em pinta, a carroceria foi pintada dessa cor ou é um tom que vinha de fábrica? A que eu achei mais ou menos parecida foi a Verde Ilhéus... Está calçado ainda com rodas do Passat GTS, versão que viria a ser denominada "Pointer" logo depois, mas não acredito que seja um legítimo GTS. Ou seria?

E post sobre Passat aqui é sempre uma diversão pro camrada André Grigorevski, que sempre tem algo interessante a acrescentar!

Primeira contribuição do Jhonatan Jeives Ratzenberger

Tauá - CE.

VW Fusca 1969

Aproveitei que hoje é dia de Fusca aqui no blog e, já que me deparei com ele hoje mesmo, resolvi publicar:



Achei curioso um Fusca ainda da década de 60 rodando como carro do dia-a-dia, ainda mais carregando tanta gente assim! É possível perceber na foto que o carro tá bem cheio! O que me chamou a atenção de cara foram as rodas de quatro furos, que foram parar ali ou com adaptador ou troca do cubo. Apesar delas e do retrovisor genérico, que nada têm a ver com o carro, ele ainda preserva detalhes interessantes como os parachoques, piscas no paralama dianteiro, a tampa do motor, os aros ao lado dos faróis e a janela traseira que abre, e inclusive estava aberta! Mas tem outro detalhe bem peculiar, que é a ponta do cano de descarga saindo pro lado. O documento no site do Detran diz que o motor é 1300. Alguém explica?

Centro, Rio de Janeiro - RJ.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Fuscas abandonados

O episódio da série mostra um lado triste da história do famoso besouro... Na sequência, as fotos, todas tiradas no estado do Rio de Janeiro. Fez lembrar aquele caso misteriosíssimo do Fusca rosa de teto rebaixado, abandonado, que já apareceu aqui.

Prá começar, os que foram fotografados na Ilha do Governador:

Avariado e largado no tempo.

Esse foi retirado de um gramado e posto prá agonizar no asfalto. Dá prá perceber, né?

1300 1973, com lanternas fumê e uma das rodas preta.

1972, alternando rodas de seis janelas e "gaúchas"; faróis dos mais novos.

Pelo jeito, é um Itamar que servia um petshop. Foi encontrado no mesmo condomínio que o da foto de cima.

O site do Detran-RJ diz que é um 1960. Eu acho pouco provável, a menos que tenham sido trocados o cubo de roda por um de 4 furos, os parachoques e a tampa do motor por peças mais novas. O pisca no paralama dianteiro corresponderia ao ano de 1960 e as lanternas seriam no máximo 1962, mas podem perfeitamente ter sido trocadas, são do modelo de maior utilização dentre os Fuscas.
Mas o que mais chama a atenção em relação a ele, na minha opinião, é essa roda dianteira de 8 aberturas, raro exemplar do modelo que equipou os SP2. 

Abaixo, um Fusca já em estado terminal, unificado com a paisagem. Em Bonsucesso, zona norte do Rio. Acredito que seja um 1300 de 74 a 79.


Fotos do meu pai, Osvaldo Augusto.

Abaixo, Urca, bairro de bacana na zona sul:



1978. Pneus colados no chão, muita ferrugem e até pichações.

E, prá fechar, o único registro fora da capital, em Angra dos Reis, na Costa Verde, litoral oeste do estado do Rio. Aparenta ser de no máximo 73, com rodas de 5 furos e sem a "orelha" na coluna C.

Flagra do meu irmão, Lucas Marques.

No final das contas, um apanhado de cenas lamentáveis, né?

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Dodge Magnum 1979

Esse foi um daqueles que fazem qualquer um achar que vale uma foto! Tá na cara:


Impecável e todo original, esse Magnum 79 ainda tem todas as faixas, rodas e calotas originais, o teto é de outra cor, parece zero quilômetro! Parece que não falta fazer nada prá deixar o Dodge em perfeito estado! Ainda tem os vidros sem película e os pneus que dão o toque final. O interior parece ser bege, da cor do teto!

Parece que esse anúncio de época mostra um exemplar de mesma configuração e mesma cor. Não?


Flagra muito bacana da Luana Colnago, que postou a foto no twitter: "Carro que apareceu lá na garagem do prédio". Surpresa boa, né?

Vitória - ES.

Chrysler / Dodge Fargo 1950

Mesmo com suas mais de seis décadas nas costas, essa daí continua no batente todos os dias:





A rara picape ainda tem a placa vermelha, que é para o carro uma espécie de "carteira de trabalho". Notei algo curioso: no documento, diz se tratar de fato de uma caminhonete Fargo. Realmente, há a inscrição com o nome da marca na tampa do motor. Mas na frente (a menos que eu esteja enganado) deveria estar escrito "Fargo" no lugar de "Dodge", que é o que está ali. Há ainda uma terceira plaqueta, também na tampa do motor, que diz "Chrysler". Alguém explica o porquê de tantas nomenclaturas do mesmo grupo?

Mais uma do Luiz Dellano, que nos envia mais um flagra de uma picape! Pro alívio de todos, ao menos essa daí não é bizarra como as outras!

Barbacena - MG.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Bugre FC-15 1985

Esse bugre estava na mesma vila onde encontrei esse Adamo GTM C2 que, por sinal, não está mais lá...

Demorei até descobrir que carro é esse, e acabei encontrando por acaso, quando olhei um anúncio de época. Pela aparência, não deve ter andado muito ultimamente:



O jipinho parece bem inteiro, ainda. Precisaria, claro, de uma reforma e de alguma paciência. Essas rodas não são originais, e também não são de época. As placas são de Cabo Frio, o que leva a crer que ele andou residindo por lá e garantindo a diversão de alguém por algum tempo, ou pelo menos que ia prá lá com certa frequência. Esse modelo foi lançado em 1983 e tem chassi e motor de Kombi, o que explica as entradas de ar na lateral traseira.

Ilha do Governador, Rio de Janeiro - RJ.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Chevrolet Bel Air 1954 / VW Karmann-Ghia 1968

Numa mesma oficina, um dos nossos leitores encontrou essas duas maravilhas:



Indiscutivelmente impecáveis, certamente são carros de colecionador. Talvez até seja do mesmo proprietário... O KG tem inclusive placas pretas e está quase perfeito, só o insulfilm destoa um pouco. Provavelmente, a Bel Air também tem placas de colecionador e o cuidado com ela é evidente, basta dar uma olhada no adesivo "Favor não mexer"! É um exemplar Sedan 2 portas da primeira geração, que apareceu aqui no blog uma vez só, com uma foto que só mostrava o carro parcialmente. Agora, embora ainda tenha ficado uma parte faltando, temos uma foto bem mais aberta, que mostra mais detalhes! Dá gosto de ver os dois!

Em segundo plano, repare que na segunda foto há um trator aparentemente antigo e conservado. Alguém arrisca detalhes dele? Além disso, há ainda um capô com a foto do lendário Charlie Chaplin desenhada...

Primeira contribuição do Danillo Falcão!

Nova Iguaçu - RJ.

Mitsubishi Lancer Evolution

Esse é prá todos aqueles que gostam de velocidade:



Um clássico japonês que ficou muito conhecido mundialmente nos últimos anos, sobretudo depois das suas aparições em Velozes e Furiosos. Sinceramente, não é o tipo de carro que mais me apaixona. Mas nem por isso merece menos reconhecimento...

Outra do Marcus Lauria, da Carpoint News!

Tijuca, Rio de Janeiro - RJ.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Encontro de Gerações - VW Passat

Essa é uma sessão que ficou esquecida lá nos primórdios desse blog, há quase um ano... 


E volta à tona com mais uma dupla Volkswagen! Da outra vez, mostramos dois VW Gol de gerações distintas. Dessa vez, a distância entre eles é ainda maior. Enquanto este que está em primeiro plano é um LS 1980 (Repare que a inscrição do nome do carro na tampa do porta-malas é bem mais recente; há também o famoso adesivo da "Oakley" no vidro traseiro), o outro lá na sua frente é dos dias atuais, ou seja, cerca de 30 anos separam os dois!

Quem tirou a poeira da sessão foi o Felipe Monteiro!

Niterói - RJ.

VW 1600 "Zé do Caixão" 1969

Eis que, no mesmo lugar em que estava aquele Dodge Charger R/T 1975, aparece um desse:






Bem conservado aparentemente, esse belo exemplar exibe seu ano de fabricação na placa de identificação. Apesar de ter sido produzido apenas em 1969 e 1970, teve um bom volume de vendas, tendo atingido mais de 24 mil veículos produzidos. O número é bom, mas ainda assim torna o modelo relativamente raro hoje em dia. Encontrar um que esteja andando e muito bem cuidado é algo difícil.

Mais uma do Lucas Figueiredo!

São Paulo - SP.

domingo, 23 de outubro de 2011

Kia Ceres mutilado e pichado!

Não me lembro de ter visto outro exemplar desse utilitário...



Pelo que se pode ver, ele foi usado até a exaustão, os pneus estão totalmente carecas e não se vê mais uma peça de acabamento. Os faróis parecem ser de Towner ou algo que o valha. Ainda é possível ver um Celta em estado parecido e com a mesma pichação. Arriscaria que são pessoas insatisfeitas com os carros largados na rua e querendo alguma providência de algum órgão público.

Rio de Janeiro - RJ.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Carro do leitor - VW Fusca 1974

Dia de mostrar o carro de um dos grandes colaboradores desse blog, o Lucas Figueiredo!



Repare que é possível ver nitidamente outro Fusca, no reflexo da calota!




Belas fotos de seu Fusca 1300 1974 Azul Caiçara. Quem é muito observador, já reparou uma pontinha dele em pelo menos um dos flagras enviados pelo Lucas!

Parabéns pelo seu xodó, camarada!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Emis Art 1986

E não é o primeiro Emis Art que aparece aqui. Já apareceu um que tinha teto solar, bagageiro, faróis de milha e os adesivos originais da versão! Veja aqui e aqui os outros dois que já pintaram na área. Os três foram produzidos no ano de 1986.





Assim como os outros dois, não é que esteja no seu melhor estado de conservação. Parece funcionar muito bem, mas tem sinais de que não recebe um cuidado especial. Foram colocadas rodas esportivas de época, como podemos ver. O restante parece bem original. Como bem observou nosso leitor, o carrinho já teve seus dias melhores, evidenciado por um cartaz de exposição de automóveis antigos.

Mais uma do Felipe Monteiro!

Niterói - RJ.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Picapes improvisadas - Ford Ranchero 1957

Me lembrou demais essa miniatura aqui:

http://www.balaoazulminiaturas.com.br/detalheprod.asp?prod_id=673

E não é que pegaram esse raríssimo Ford 57 prá fazer uma "picape limousine" e ao mesmo tempo um bar móvel? Tudo bem, a Ranchero já é uma picape de origem e há quem vá dizer que não se encaixa nessa série. Mas é tão bizarro que eu acho que cabe, né?



De doer no coração! Reparem que a placa dianteira está no painel interior do carro. Os faróis e lanternas não parecem originais, como as cores, rodas e praticamente tudo. O banco do motorista é nitidamente muito mais moderno, parece ser de GM. Tudo bem que é uma picape de origem, mas ainda assim foi totalmente sacaneada. Só me resta a esperança de ser uma réplica de fibra de vidro, feita em fundo de quintal, o que não parece ser o caso. Mas seria menos mal do que conceber a ideia de que um legítimo Ranchero 1957 teria sido transformado nisso...

Foi flagrada em pleno Réveillon!

E essa foi a terceira picape bizarra enviada pelo Luiz Dellano!

Guarapari - ES.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...