Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Peugeot 203 1950

Desse carro, até foram feitas bastantes unidades, algo na casa dos quase setecentos mil. Só que já pararam de ser fabricados há exatos cinquenta e dois anos. De lá prá cá, muitos foram depenados, viraram ferro velho, estão parados na rua ou guardados dentro de garagens sob crostas de poeira, sem ver a luz do sol. A grande maioria se extinguiu. E não é que tem pelo menos um deles inteirinho e conservado e até com certificado de originalidade, aqui no nosso Brasil?
















O achado aconteceu quase sem querer, em uma garagem de um hotel no meio de uma viagem. Quem viu foi o meu pai (na última foto), que prontamente pegou a câmera prá fazer o registro, não sem antes pedir autorização a algum responsável pela segurança do local. O camarada foi muito simpático, tirou o carro da vaga prá ter mais espaço, abriu o carro, ligou e contou até uma breve história sobre o veículo. 

As fotos já têm alguns meses, e o carrinho tinha acabado de ganhar a placa preta, de colecionador. Prá minha supresa, ele tem até teto solar original! Dá prá ver o contorno numa das fotos e a manivela no teto, em outra. O velocímetro ainda era no meio - em 1952, ele passaria a ser posicionado na posição tradicional, de frente pro condutor -, e o miolo onde se põe a chave, logo abaixo. Prá dar a partida, coloca-se a chave lá e pressiona uma espécie de pino, que fica próximo à coluna de direção.

Parece que o carro pertence ao dono do hotel e tá na família desde zero, tendo assim muita história prá contar. Isso foi o que deu o gás prá iniciar uma restauração cautelosa e detalhada. Ainda tem um ou outro reparo a fazer, mas o charme dele conquista com facilidade qualquer olhar!

Contribuição do meu pai, Osvaldo Marques!

São Paulo - SP.

16 comentários:

  1. Greger Ohman (via facebook)19 de janeiro de 2012 04:59

    Cool ! My father had one of these, looong time ago :-)

    ResponderExcluir
  2. o q bati o olho foi no teto solar mesmo, imagine como era moderno um teto desses naquela época!!

    ResponderExcluir
  3. Esse pino para se dar partida fica logo acima do pedal do acelerador. Com a parte da frente do pé, o cara aciona o motor de arranque e depois acelera com o calcanhar. Apesar de eu ter achado estranho, ele garantiu ter sido sempre assim.

    ResponderExcluir
  4. Dan Palatnik (via facebook)19 de janeiro de 2012 14:14

    Um primo teve um por um tempo, no fim dos 60. A cor não era original, um tom de abóbora já fosco, apavorante.

    ResponderExcluir
  5. Orlando Fredigotto Jr. (via facebook)23 de janeiro de 2012 17:42

    Sem palavras.

    ResponderExcluir
  6. Felipe Olivani (via facebook)23 de janeiro de 2012 18:58

    Em terras brasilis? "Cacildis"! Raridade

    ResponderExcluir
  7. Diego Luis Fernandes (via facebook)23 de janeiro de 2012 19:14

    eu adoro ese 203 e dos primeiros fabricados depois da segunda grande guerra mundial , foi cuando comenzo o plan marshall com o apoio dos estados unidos e era na altura do governo do general Giscard de gaulle

    ResponderExcluir
  8. João Pires (via facebook)21 de novembro de 2012 17:29

    Tá Rodando?????????????Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Rodrigo Galvão (via facebook)21 de novembro de 2012 23:12

    Perfeito!!! PQP!!!

    ResponderExcluir
  10. http://www.carrosinuteis.com.br/peugeot-203/

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde pessoal, quero saber onde posso vender um modelo desse, está uns 15, 20 anos parado ele é do meu tio, se alguém saber me avise , sou de Sp capital.

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde pessoal, quero saber onde posso vender um modelo desse, está uns 15, 20 anos parado ele é do meu tio, se alguém saber me avise , sou de Sp capital.

    ResponderExcluir
  13. Olá amigos, este 1950 eu desconhecia, eu tive um 203 1952, cinza claro, ficou exposto na Inauguração do Shopping Paulista decorando a loja âncora da extinta SEARS bem na entrada do shopping inclusive ganhando um prêmio de decoração que foi matéria da Revista Quatro Rodas da época.Excelente carro, estava com o interior todo restaurado como no original courvim vermelho e branco e algumas partes mecânicas também, como curiosidade a faísca da vela é conduzida através de uma mola razoavelmente longa até chegar no distribuidor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...