Páginas

WELCOME! / Bem vindos! / Bienvenidos! / Benvinguts! / Ongi etorri! / Bienvenue! / Benvenuti! / Wilkommen! / Welkom! / Välkommen! / Tervetuloa! / Üdvözöljük! / Hoşgeldiniz! / Добро пожаловать! / Καλώς ήρθατε! / გამარჯობა! / ようこそ! / 歡迎! / 환영합니다! / आपका स्वागत है! / வருக!


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Fiat Cinquecento 1993

De uns meses prá cá, o Brasil passou a conhecer o 500, simpático carrinho da Fiat. A montadora italiana lançou um modelo retrô e o nosso país foi um dos seus alvos de mercado. Na Europa, recebeu o nome "Nuova 500", uma vez que seu design é inspirado na primeira geração (1957-1975), chamada "500" (o nome era escrito em algarismos).

O que poucos sabem por aqui é da existência de uma espécie de segunda geração do carro, no estilo "quadradão", fabricada de 1991 a 1998, que nada tem a ver com o outro! E a explicação é simples: ele nunca foi produzido em série em terras tupiniquins. Mas isso não quer dizer que seja impossível dar de cara com um em ruas brasileiras!


Certamente, ou foi importado de maneira independente ou serviu a algum consulado. Outra coisa que pouquíssima gente se dá conta, até mesmo na Europa, é de que há uma diferença quase imperceptível quanto à denominação de um e de outro: "500" e "Cinquecento", respectivamente. É o único caso no mundo automotivo que eu conheço em que só se nota a diferença entre o nome de dois carros na escrita. Já pensou se nós diferenciássemos no mercado brasileiro "Fiat 147" e "Fiat Cento e quarenta e sete"?

Mais uma dele! Leandro Guimarães!

Grajaú, Rio de Janeiro - RJ.

8 comentários:

  1. O carrinho é interessante. Em Niterói havia um que aparentemente servia a uma loja de carros (Ideale) que ficava na Av. Roberto Silveira, mas salvo engano a loja fechou a algum tempo.

    O outro que vi foi na Ilha do Fundão a alguns anos.

    ResponderExcluir
  2. Putz! Me lembro desse Cinquecento que o André citou. A tal Ideale era uma revenda Fiat e ficava perto da minha escola. E ele ficava estacionado justamente onde eu passava para ir para o ponto de ônibus (uma rua perpendicular). Ele era vermelho, com pára-choques e espelhos vermelhos e rodas esportivas (não era o Cinquecento Sporting).

    ResponderExcluir
  3. Será que este esta a venda?

    ResponderExcluir
  4. Prá ser sincero, não sei informar... Mas pela foto parece que não... Talvez o autor da foto soubesse dizer!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Tem pelo menos um desses em Porto Alegre, branco com motor 1.1 FIRE de 55hp. Chegaram a ser feitas algumas versões até com motor boxer de 2 cilindros que era usado no 126. Todos esses Cinquecentos foram feitos na Polônia, e alguns chegaram a ser exportados até para Cuba.

    ResponderExcluir
  6. No WebMotors tem um Cinquecento 1993 para venda:

    http://www.webmotors.com.br/webmotors/carro/usado/fiat-cinquecento-1.0-8v-gasolina-2p-manual/7071141/detalhe.wm

    ResponderExcluir
  7. Aqui em Caxias do Sul roda um branco, ano 1992. O dono conta que o comprou do consulado da Espanha em Porto Alegre, por indicação de um ex-colega que trabalhava lá.
    Na minha oponião o "500" atual, perdeu muito de seu charme por não trazer o nome escrito por extenso...

    ResponderExcluir
  8. O substituto desse carinha se chama Fiat Seicento,mas não confunda,pois esse não é o antigo 600,esse é um carro produzido entre 98 e 2010.Inclusive o Seicento está sendo usado para estudos pela Fiat para criar o substituto do Mille.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...